Recursos de Acessibilidade:

História

 

Do espírito de pioneirismo dos bravos idealistas, Senhor Américo Guzo, proprietário de terras na gleba do atual município, que contou com a colaboração dos Senhores Feliciano guzolandia Cunha e Arlindo Alves, entre outros, foi fundada Guzolândia, em 1946. Nasceu na parte sudoeste do atual Município, encravada na Fazenda barreiro, atualmente dividida em várias propriedades. 

Em 1958, pela Lei nº. 8.050, foi elevada à categoria de Distrito; em 1964, pela Lei nº. 8.092, foi elevada à categoria de município; no dia 7 de março de 1965 realizaram-se as eleições municipais e no dia 28 de março do mesmo ano foi instalado o município, com a posse do primeiro prefeito. 

A pecuária de corte explorada de forma extensiva sempre foi a principal atividade desenvolvida na região. Algumas propriedades se dedicaram à exploração cafeeira aproveitando-se da boa fertilidade inicial dos solos da região. A mão de obra era abundante devido à presença de migrantes nordestinos que se fixaram na região. 

O crescimento físico da cidade foi uma das conseqüências da emancipação, hoje Guzolândia é uma cidade com 100% das residências recebendo água potável de qualidade comprovada e controlada pela vigilância sanitária. O saneamento básico sempre foi prioridade, pois, sempre foi levado em consideração que obras e saneamento são preventivas na erradicação de doenças, ou seja, aplicando em saneamento o município reduz drasticamente os custos com saúde (internações, remédios, etc.). 

No que se trata de moradia, a Prefeitura Municipal de Guzolândia no ano de 2001, iniciou o Programa Municipal de desfavelamento, que em menos de dois anos construiu unidades habitacionais em alvenaria, fazendo com que a população tenha melhores condições de vida. 

Concomitantemente com as obras do programa de desfavelamento, foram executadas 100% de rede coletora de esgotos sanitários, 100% de iluminação elétrica e 80% da cidade recebeu pavimentação asfáltica e foram iniciados os trabalhos de regularização de terrenos em situação irregular, onde a Prefeitura, através do seu setor de engenharia, iniciou o processo de usucapião dos lotes, fazendo com as famílias obtivessem a escritura dos terrenos, registrada em Cartório.

 

 

 

Hino da Cidade

Portal da Transparência

Acesso à Informação

Sessão Online

Calendário das Sessões

Clima Local